Componentes: 9 vídeos curtos para aprender a testá-los

Por | 8 de setembro de 2016

Praticamente todos os sensores de temperatura dos sistemas automotivos de todas as montadoras de veículos utilizam uma resistência NTC (do inglês Coeficiente Negativo de Temperatura) para medir temperatura. Isso significa que se o sistema estiver alimentado eletricamente deverá existir um sinal de tensão elétrica nos terminais desse sensor indicando que ele está medindo alguma temperatura. Se a resposta for verdadeira indica que o sensor está alimentado e que muito provavelmente a fiação está em perfeita ordem.

Para testar o seu funcionamento, o passo seguinte é estimular a variação de temperatura (fato observável) e esperar variação na medição elétrica compatível com o funcionamento, ou seja, como se trata de um NTC um aumento de temperatura deverá ser acompanhado de uma redução da tensão elétrica medida.

Qual valor de temperatura e qual valor de tensão?

No campo das probabilidades pouco importa, se o comportamento observável ocorreu, muito provavelmente e com alta chance de acerto, o sensor está em perfeito estado de funcionamento. Siga para o próximo componente, porque a chance da falha NÃO estar aqui, neste sensor, é alta. Você só deveria voltar nele depois de repassar todos os testes nos outros componentes e não tiver achado defeito algum.

Desta mesma forma muitos outros componentes podem ser avaliados para determinar seu correto funcionamento. E para ajudar você a aprender atestar cada um deles, criamos este material com vídeo-aulas simples e práticas.

Baixe o conteúdo aqui:

teste

 

 

 

 

Deixe uma resposta