Os benefícios do hábito na reparação automotiva

Por | 18 de fevereiro de 2019

Como melhorar o diagnóstico de falhas elétricas através do uso de diagramas elétricos e pinouts gráficos?


Por Fábio Ribeiro von Glehn

Olá pessoal! Eu estava assistindo um vídeo do professor Paulo Bonacella – espero que a pronuncia abrasileirada do nome dele não me cause constrangimento – e nesse vídeo ele explica sobre como nadar mais sem se cansar.

Vou colocar o vídeo dele aqui, caso você queira assistir:

A primeira pergunta é óbvia: Fábio como é que você vai usar uma aula de natação para falar sobre diagramas elétricos?

Curioso? Então continua com a gente que você vai entender direitinho.

O professor Paulo Bonacella afirma que a prática constante de uma atividade física traz ao praticante três conquistas:

A conquista da técnica, a motora e a fisiológica.

  1. A técnica vem com o esforço para adquirir as habilidades daquilo que se quer executar da forma mais correta possível, então o que se deseja é adquirir a excelência no uso dos instrumentos de medidas, na leitura dos diagrama elétricos, na utilização dos pinouts gráficos, no processo de busca pelo diagrama correto e tanto quanto na atividade física, ser eficiente significa usar a técnica para reduzir esforço.
  2. A segunda conquista, a motora, vem da prática repetitiva do uso da técnica correta. E o que você ganha com isso? alto índice de acertos e muita economia de esforço. O professor Paulo Bonacella compara um amador e um marceneiro cortando tábuas e como o cansaço bate rápido no amador enquanto o marceneiro produz o triplo sem sequer suar. Nossa! Vocês estão percebendo que eu estou usando a analogia dele de forma inversa para explicar a vocês que diagrama elétrico tem que ser usado todo dia, em todo carro, e tem que repetir, repetir e repetir. É assim que você vai ganhar a habilidade motora. O diagrama elétrico não é para ser usado de forma emergencial, é para ser usado todo dia em todo carro, senão a habilidade motora não vem, não é conquistada. Está entendendo?
  3. E finalmente a terceira conquista que é a fisiológica onde professor explica com muita propriedade as vantagens para o coração, para a musculatura e como o corpo se aproveita desse investimento do praticante de exercícios físicos. E a nossa conquista de usar regularmente o diagrama elétrico em nossa rotina de trabalho? Qual seria a terceira conquista? Essa é a mais bacana de todas, a terceira conquista é a profissionalização do diagnóstico, é a conquista do reconhecimento por parte dos seus clientes de que você realmente é um especialista, de que é capaz de resolver facilmente o que para os outros é um grande problema que mantém o carro na oficina e gera prejuízos múltiplos: ocupa o espaço, ocupa o tempo, não gera lucro, impede a entrada de outros veículos e o pior de tudo, gera desconfiança e irritação no proprietário do veículo.

Então meu amigo, aprenda com o professor Paulo Bonacella, pratique esportes e não pare de fazer, pois isso ele explica muito claramente que infelizmente se pararmos de praticar a perda de nossas conquistas motora e fisiológica é muito rápida. E olha que incrível, isso também irá ocorrer conosco se abandonarmos os diagramas elétricos depois de dominada a técnica. Perderemos a agilidade, as conexões entre as medições e os sintomas, perderemos a sensibilidade aos detalhes.

Coloque a consulta e o uso dos diagramas elétricos na sua rotina de trabalho e você verá que essas três conquistas virão rapidamente e você poderá assinar em baixo o que eu digo nesse vídeo.