Por que a bobina de ignição esquenta e queima?

Por | 4 de abril de 2018

Até certa temperatura é perfeitamente normal o aquecimento da bobina, afinal é um dos efeitos causados pela corrente elétrica. Pressupõe-se que há defeito quando ocorre o excesso de temperatura.


Dica elaborada por Aparecido Oliveira – EAOL – Campinas

Considerações à parte, vamos ao que interessa. A alta temperatura ou queima da bobina geralmente é provocada por anormalidades da corrente primária, ou seja, intensidade de corrente acima do normal ou tempo de ligação muito longo.

As possibilidades são listadas a seguir:

  • Tensão de alimentação (alternador) alta.
  • Falta do pré-tensor ou resistência baixa. O borne 15 de algumas bobinas deve ser conectado via pré-resistores que limitam a corrente primária.
  • Ângulo de permanência/tempo de conexão muito alto.
  • Falhas na conexão à massa da UCM ou do módulo eletrônico de ignição.
  • Uso de dispositivos de imobilização (pega ladrão) na bobina de ignição.
  • Módulo de ignição incompatível ou defeituoso.
  • Bobina de ignição errada, imprópria para o sistema.
  • Curto-circuito nos enrolamentos da bobina.

Uma verificação detalhada nestes itens certamente indicará a causa certa do defeito.


Aprenda a testar os principais componentes dos veículos de forma simples e prática, criamos esta lista com vídeos curtos, assista: