Tag Archives: informação tecnica automotiva

Diagramas Elétricos e Scanner: Ferramentas que se complementam

Como já explicamos em outro post sobre o tema (ver post), existe uma sequência de passos lógicos a serem seguidos na hora de encarar quaisquer falhas ou problemas detectados nos veículos para garantir uma maior eficiência e ganho de tempo na execução dos testes e procedimentos necessários a fim de alcançar um giro cada vez… Ler mais »

Diagnóstico veicular: Principais Ferramentas

Quais são as principais ferramentas a serem usadas em um diagnóstico veicular? Essa é uma pergunta muito aberta, pois nos leva a uma gama grande de ferramentas. Em geral o profissional precisa de informações para fazer uma análise antes de chegar a uma conclusão a respeito do diagnóstico. A primeira informação que o reparador precisa… Ler mais »

Sistemas de Injeção: Tempos do motor

Tipos de Injeção – Parte 5 Recapitulando os tempos do motor para compreender o problema que temos POR FÁBIO VON GLEHN Inicia-se a leitura desse diagrama a partir da admissão (linha azul). A válvula de admissão abre-se de 10 a 15º APMS (Antes do Ponto Morto Superior) e permanece aberta até 40 a 60º DPMI… Ler mais »

Sistemas de Injeção: Estratégias de estratificação da mistura

Tipos de Injeção – Parte 3 Estratégias de estratificação da mistura POR FÁBIO VON GLEHN Existem diferentes estratégias de estratificação da mistura, entretanto todas elas têm uma coisa em comum, que é procurar alcançar uma estratificação da carga e não a relação estequiométrica entre ar e combustível como normalmente se faz no processo de mistura… Ler mais »

Sistemas de Injeção: Tipos de mistura homogênea e estratificada

Tipos de Injeção – Parte 2 Tipos de mistura homogênea e estratificada POR FÁBIO VON GLEHN Os sistemas de controle de funcionamento do motor podem ser classificados conforme os tipos de mistura em homogênea e estratificada. As misturas homogêneas são misturas de ar/combustível que buscam a formação de uma substância de aparência uniforme a olho… Ler mais »

Sistemas de Injeção: Semelhanças e Diferenças

Tipos de Injeção – Parte 1 Semelhanças e diferenças entre sistemas de injeção diesel, otto direta e indireta POR FÁBIO VON GLEHN O aumento gradativo das restrições de emissão de poluentes pelos motores de combustão interna provoca uma evolução tecnológica nos sistemas de controle e novas configurações vão aparecendo. Acompanhar essas novidades que vão surgindo… Ler mais »

Tomada de Diagnose: Como identificar no Diagrama Elétrico?

Nos veículos atuais, é comum o compartilhamento de informações entre os módulos de controle dos diversos sistemas existentes. Esse compartilhamento ocorre através das ligações em rede entre os módulos. Para investigar falhas nos sistemas de comunicação em rede o reparador necessita ter acesso a informações de ‘como esses elementos estão conectados entre si’. A Ciclo Engenharia disponibiliza as… Ler mais »

Componentes: 9 vídeos curtos para aprender a testá-los

Praticamente todos os sensores de temperatura dos sistemas automotivos de todas as montadoras de veículos utilizam uma resistência NTC (do inglês Coeficiente Negativo de Temperatura) para medir temperatura. Isso significa que se o sistema estiver alimentado eletricamente deverá existir um sinal de tensão elétrica nos terminais desse sensor indicando que ele está medindo alguma temperatura.… Ler mais »

Injeção Eletrônica II

Matéria continuação do post introdução da Injeção Eletrônica. 1- CONCEITUAÇÃO A injeção eletrônica é um sistema não acionado pelo motor, comandado eletronicamente, que dosa o combustível, controlando a mistura-ar-combustível em função das necessidades imediatas do motor. De modo semelhante, a ignição digital permite que o motor trabalhe com o seu ponto de ignição sincronizado com as… Ler mais »

Ar Condicionado Automotivo I

1 – INTRODUÇÃO A maioria das unidades de condicionamento de ar está associada a aplicações de conforto. Sistemas para resfriamento de ar durante o verão tornaram-se obrigatórios em edifícios de grande porte no mundo inteiro, mesmo em regiões em que as temperaturas não são elevadas. Edifícios são resfriados para compensar o calor gerado pôr pessoas,… Ler mais »